Muito se houve falar sobre bitcoin, mas você sabe o que são e como funcionam as criptomoedas? 

Consideradas o dinheiro do futuro, são moedas virtuais usadas para pagamentos em transações comerciais. Ou seja, possuem a mesma função de comprar mercadorias e serviços que as moedas já conhecidas. A diferença é que as criptomoedas utilizam criptografia para garantir a segurança nas transações. 

Segundo o site da UOL, o bitcoin foi um dos ativos que mais se valorizaram no mundo em 2019, saltando de US$ 3.729 para US$ 7.300, um ganho de 96%. Em reais, a cotação da criptomoeda mais que dobrou, de R$ 14.476 para R$ 29.542.

Quer virar investidor? Saiba onde investir seu dinheiro

Como surgiu

O bitcoin foi a primeira criptomoeda a circular no ambiente digital. Ele surgiu em 2009, em plena crise econômica e, desde então, foi transacionado sem nenhuma interrupção. Ela foi anunciada por um programador que nunca revelou sua real identidade, mas seu pseudônimo é Satoshi Nakamoto.

A moeda surgiu como uma rejeição do sistema financeiro. Para seus defensores, o objetivo era tornar o vendedor da moeda a figura mais importante. Seriam eliminados intermediários, abolidas as taxas de juros e as transações passariam a ser mais transparentes. 

Franquia home based: como empreender trabalhando em casa

Deste modo, surgiu um sistema descentralizado, no qual você pode controlar seu dinheiro e saber o que está acontecendo sem depender dos bancos. O custo zero de transação é outro grande diferencial do serviço. Não há nenhuma autoridade central para interferir impondo qualquer tipo de taxa às criptomoedas. 

Como adquirir bitcoins

Para você que deseja investir nessas moedas, é preciso primeiro se cadastrar em uma corretora de criptomoedas, também chamadas de exchanges. Certifique-se de escolher uma corretora confiável. O segundo passo é ativar a sua conta, realizando um depósito em dinheiro. É assim que se abre uma carteira de investimentos em criptoativos. 

O terceiro passo é começar a operar seus investimentos, ou seja, comprar e vender as moedas. A lógica básica é a mesma que em qualquer investimento de renda variável, comprar a um preço baixo para vender a um preço mais alto. Negocie! 

Receita recorrente: conheça a maior vantagem de investir em franquias

É seguro?

O bitcoin embora seguro e criptografado, não é uma maneira “segura” para guardar dinheiro, devido a sua instabilidade. Sem órgãos reguladores, um Bitcoin de US$ 1.000 pode cair para apenas US$ 100 em apenas alguns dias.

Embora o Bitcoin tenha passado por fases de estabilidade, até agora isso nunca durou mais do que alguns meses. E, embora essa volatilidade possa ser empolgante, isso também significa que você está sempre em risco de sofrer algumas perdas graves. Além disso, como esse é um conceito tão inovador, é inevitável que as coisas não corram bem de vez em quando. 

Como um planejamento financeiro pode ajudar na ansiedade

Gostou desse conteúdo? Compartilhe com seus amigos e familiares para todo mundo ler! E para se informar com outros assuntos financeiros, acesse nosso blog 🙂

Author

Deixe um comentário...