Hoje em dia, não é incomum criminosos  estelionatários serem cada vez mais criativos e sofisticados em seus golpes. Por isso, atenção e segurança são quesitos imprescindíveis para se manter a salvo.

Neste conteúdo, reunimos 6 dicas importantes para você ter como prática comum no seu dia a dia e assim manter seus dados (e dinheiro!) a salvos.

1. Tenha cuidado com os links

Você sabia que golpistas criam links falsos? Isso mesmo, eles criam links falsos para tentar induzir pessoas a clicarem neles e, assim, acabar sendo direcionado para algum site que não é verdadeiro.

Esses sites são enviados por e-mail, SMS e até WhatsApp, e normalmente são promoções muito tentadoras ou condições exclusivas para você conseguir um crédito, por exemplo.

Tenha sempre cautela  para não acessar  links e conteúdos suspeitos.

2. Preste atenção aos sites que você não conhece

Está navegando por um site que você nunca acessou antes? Verifique se ele tem um cadeado na barra de endereço no alto da página ou se o site tem algum selo de segurança e também se o endereço possui  site o HTTP tem a letra S, ficando dessa forma: HTTPS://nomedosite.com.br

Tomar esses cuidados é fundamental principalmente se você for fazer alguma compra online e precisar inserir os dados do seu cartão de crédito.

3. Nunca confirme seus dados sem ter certeza com quem você está falando

Os criminosos podem se passar por bancos, empresas e até mesmo pelo governo para fazer cobranças falsas usando os seus dados pessoais disponíveis na internet ou para tentar te “oferecer um crédito”, por exemplo.

Então, seja por telefone, e-mail ou SMS, jamais confirme seus dados sem ter certeza com quem você está conversando.

O melhor caminho é desligar a chamada, por exemplo, e logo depois entrar em contato com a empresa em questão pelos canais oficiais. Assim você poderá confirmar se o que foi falado é verdadeiro ou não.

Além disso, vale reforçar que você nunca deve enviar seu código de verificação do WhatsApp para ninguém. Os golpistas usam esse artifício para clonar o seu aplicativo e começar a pedir dinheiro para seus contatos.

4. Verifique diariamente seu saldo bancário, extrato e a fatura do seu cartão

Isso definitivamente deve se tornar um hábito em sua vida. Todos os dias tire um minutinho para entrar no app do seu banco para checar o saldo, o extrato bancário e a fatura do seu cartão de crédito.

Assim você pode ficar tranquilo que nenhuma movimentação financeira indevida foi feita. Vale também ativar as notificações do aplicativo do seu banco para sempre receber um alerta quando houver qualquer transação.

5. Ative as autenticações de dois fatores

Também conhecida como “verificações em duas etapas”, as autenticações de dois fatores são uma camada a mais de segurança para você.

Por exemplo, você pode cadastrar o seu celular para receber um código SMS para confirmar que é você mesmo que está tentando entrar no seu e-mail.

Esse recurso está disponível em sites, redes sociais, e-mails e aplicativos. Basta ir até a parte de “configurações” e procurar pela ˜Verificação de dois fatores˜.

6. Troque senhas de sites, redes sociais e bancos

Outra dica importante é você adotar o hábito de trocar frequentemente todas as suas senhas em sites, redes sociais e, principalmente, em bancos.

Vale também fazer uma limpa em cadastros em sites que você nem sequer usa mais. Dê uma olhada em tudo e delete suas informações daqueles que não são mais do seu interesse.

Além disso, nunca repita suas senhas, use caracteres especiais e jamais anote nenhuma delas no próprio celular. Para facilitar, você pode ter um cofre de senhas: aplicativos e sistemas que protegem e guardam as senhas.

Gostou dessas dicas? Salve esse post para ler e conferir sempre. Não esqueça também de compartilhar com amigos e familiares (principalmente os mais velhos!) para todo mundo ficar protegido!

Author

Deixe um comentário...