Se sonha em morar sozinho e conquistar sua independência, tanto pessoal quanto financeira, se liga nas dicas desse post e aprenda a organizar melhor o seu orçamento e sair de vez da casa dos pais. 

A decisão de morar só pode ser por vários motivos, como estudar ou trabalhar em outra cidade/estado/país, ou simplesmente pelo desejo de ter a privacidade e criar responsabilidades sozinho. Este grande passo implicará em um grande desenvolvimento pessoal e organização financeira, já que você será a responsável por bancar suas próprias contas.

Open Banking: entenda a terceira onda dos meios de pagamento

As seguintes dicas são destinadas às pessoas que já possuem uma renda e querem ter o seu próprio cantinho, seja alugado ou comprado.

1. Quite suas dívidas

É extremamente importante, antes de se mudar, você estar sem débitos, de preferência com o nome limpo. Se tiver dívidas antigas, será mais difícil ter organização financeira e pagar suas contas em dia. Descubra se tem dívidas em aberto e quite-as. Ah, evite fazer novas dívidas também, como compras parceladas em cartões de crédito. 

2. Poupe e guarde dinheiro

Evite comprar itens desnecessários ou que não são prioridades em sua vida agora. O dinheiro que ia gastar sem necessidade, você pode guardar numa poupança. Se você tiver morando com parentes será ainda mais fácil porque não há tantos gastos com contas da casa. Logo, guarde o que conseguir, faça um esforço.

Franquia home based: como empreender trabalhando em casa

3. Pesquise bastante

Pesquise a fundo o imóvel e bairro no qual quer morar. Não encha os olhos com apartamentos grandes e luxuosos ou bairros nobres. Para o início é preciso ter cautela e pensar no seu bolso antes de tudo. Prefira apartamento pequeno, mas aconchegante, que vá suprir sua necessidade inicial… Afinal é só para você, certo? 

4. Compre a mobília aos poucos

Ao se mudar, não se preocupe em encher sua casa de móveis e eletrodomésticos. Foque primeiramente no essencial: fogão, geladeira, cama, tv e máquina de lavar. O restante você compra aos poucos, mês a mês. Tente não ficar ansioso e querer tudo pronto de início. Desse modo, você não se afunda nas dívidas e devagar seu cantinho ficará do jeito que quer. 

5. Faça uma planilha de gastos

Com uma planilha de gastos, feita em um caderno ou computador, é possível ter um maior controle sobre seu dinheiro. Quanto entra, quanto sai, em que você gasta mais, e também é importante listar todas as despesas de cada mês como um checklist – quando você pagar, marca como “pago”. Dessa forma, você não se confunde com as contas e boletos. 

Conta digital segura: 6 dicas importantes para proteger o seu dinheiro

Uma dica importante para não correr o risco de atrasar contas ou deixá-las vencer é colocar lembretes no seu celular ou computador. Assim, eles te lembrarão de pagar os débitos a tempo de não gerar juros. 

6. Guarde seu dinheiro em conta digital

Opte por guardar o dinheiro em uma conta digital, onde você consiga pagar, transferir e fazer compras mais facilmente. A conta digital da Conpay é uma ótima opção para guardar dinheiro de forma mais simples e segura, principalmente para quem está começando a vida sozinho.

Função contactless: entenda como comprar por aproximação

A conta digital e o cartão da Conpay ajudam na organização das contas.

Além de transferências bancárias, extrato e pagamentos, é possível depositar dinheiro em sua conta via boleto. O melhor é que, com o cartão para pessoa física da Conpay, você não se endivida porque compra na função crédito, mas usa apenas o que tiver no saldo da conta. Ou seja, sem dívidas e faturas no final do mês. 

Agora você já sabe: se quer morar sozinho, a conta digital na Conpay é ideal para sua organização financeira. Clique AQUI para abrir sua conta e aproveitar todas as vantagens. 

Author

Deixe um comentário...