Categorias
Conta Digital

Como reduzir custos com tarifas bancárias?

Atualmente, mesmo com o crescimento dos bancos digitais, muitos consumidores ainda preferem manter suas contas em bancos tradicionais. Entretanto, ter conta aberta neste tipo de instituição é garantia de tarifa bancária.

Processos como saques de dinheiro, transferências e visualização de extrato bancário são alguns dos serviços cobrados pelo banco. Porém, o que muitos consumidores não sabem é que diversas tarifas, geralmente cobradas, não precisam ser pagas.

Lista de tarifas que não precisam ser pagas pelo cliente

Dentre todos os serviços cobrados pelo banco, existem quatro que não necessitam de pagamento. Entenda mais sobre cada uma delas:

1. Tarifa sobre TED: o TED é a Transferência Eletrônica Disponível, ou seja, é um processo que envia valores para outras contas de forma mais eficiente. Para operações realizadas até às 16h, o banco é capaz de transferir o valor em alguns minutos para outra conta;
2. Tarifa sobre saque: cobrada somente quando o consumidor ultrapassa o limite de saques permitidos no mês;
3. Tarifa sobre extrato: assim como a tarifa sobre o saque, o serviço é cobrado somente quando o consumidor ultrapassa o limite de impressão de extratos permitidos no mês;
4. Tarifa sobre DOC: o DOC é o Documento de Crédito, e configura-se como uma operação simplificada de transferência de valores entre contas. O limite para a realização de um DOC é de R$ 4.999,00.

Todas as tarifas listadas integram a rotina de consumidores e clientes dos bancos e, geralmente, as instituições costumam cobrar pelo serviço unificado ou por um pacote que contemple todas as operações, com determinados limites por mês.

4 dicas para reduzir o gasto com as tarifas geradas pelo banco

Verifique agora as principais dicas para gastar menos ou nada com algumas tarifas bancárias indispensáveis:

1. Negociação

Caso os procedimentos sejam extremamente necessários para sua rotina, é válido conversar com o gerente e relatar sua insatisfação com o oferecido.

Como em qualquer instituição financeira, o interesse será de mantê-lo como cliente com sua conta ativa. Por isso, é esperado que o gerente faça o possível para que o consumidor não mude de banco.

2. Online

Experimente solicitar serviços online, para diminuir o número de faturas impressas e outros papéis que podem acarretar gastos e cobranças à toa. Além de sustentável, a prática é cada vez mais comum para serviços bancários de qualquer tipo.

3. Redução

Reduzir o número de vezes que realiza saques também pode ser uma estratégia, pois o banco permite que apenas alguns sejam efetuados por mês. Planeje uma quantia de dinheiro que sirva para o tempo que necessita, e evite cobranças desnecessárias.

4. Digital

Como dito anteriormente, a iniciativa digital para instituições financeiras é um dos setores que mais cresce atualmente. A criação de uma conta corrente digital isenta o consumidor de diversas tarifas, muitas que sequer são utilizadas por ele.

Entretanto, o banco geralmente efetua cobranças de qualquer procedimento que exija o serviço de um gerente, caixa ou atendente da instituição. Por isso, é essencial estar bem informado para escolher a opção que melhor se encaixa na situação do consumidor.

Acesse o site agora e veja como a Conpay pode auxiliar sobre o tema!