Sente que o nome “fintech” não soa estranho?

Você deve ter escutado sobre elas em algum momento dos últimos anos, no entanto, o que queremos saber hoje é se você realmente sabe o que são as famosas fintechs.

Elas estão sendo responsáveis por mudanças profundas na forma como os brasileiros lidam com suas finanças, veja uma prova disso:

Em matéria para o Valor Econômico, a empresa Idwall levantou dados sobre o célere aumento da abertura de contas digitais durante a pandemia, especificamente em 2020. 

O resultado mostra que aproximadamente 67 milhões de novas contas 100% digitais!

Colher e interpretar a dimensão desses dados diante de um país culturalmente cético em relação ao mundo digital, principalmente no tocante a transações financeiras, é certamente entender que a população brasileira está passando por uma transição cultural.

As fintechs foram agentes essenciais neste avanço. Um dos pontos mais interessantes desse modelo de negócios é que além de facilitarem nosso cotidiano, ainda compartilham conteúdos sobre educação financeira, sendo esta uma de suas preocupações.

Você ainda lida com tarifas abusivas? Conheça os benefícios da conta digital gratuita

O que são as fintechs?

As fintechs nada mais são do que startups que surgiram com o objetivo de oferecer inovação, sobretudo através da tecnologia, para serviços financeiros. Por isso o nome fintech: “fin” de finanças + “tech” de tecnologia.

Por terem a tecnologia como ferramenta central, não apenas seus serviços como também as próprias empresas atuam essencialmente no campo digital, ocupando espaço nos smartphones e outros dispositivos eletrônicos, sempre em busca de proporcionar a melhor experiência para o usuário.

Apresentam também as vantagens de unir tudo em apenas um espaço digital e graças ao próprio posicionamento em ambiente virtual, essas empresas acabam possuindo mais desenvoltura com os diversos públicos de interesse, estreitando suas relações.

Perdendo clientes para a concorrência: descubra como evitar essa situação

Devido ao ininterrupto crescimento desse segmento, muitas pessoas debatem sobre o futuro dos grandes bancos com a chegada da concorrência robusta das fintechs. Porém, a realidade é diferente. 

O real intuito das fintechs é preencher as lacunas deixadas pelos grandes bancos com soluções criativas e práticas. Portanto as fintechs não ameaçam diretamente os bancos e sim os complementam. 

O mercado financeiro como um todo vem sofrendo bruscas alterações nos últimos anos  devido à forte introdução da tecnologia no setor, dentre elas o irrefreável crescimento das fintechs e bancos digitais, consequentemente das contas digitais.

Este ponto é muito positivo para o desenvolvimento econômico do país, em especial para os usuários. Com a grande e crescente competição no mercado financeiro, as empresas passaram a ter preocupação particular com a experiência dos usuários. Neste caso, o duelo funciona entre as empresas, para te conquistar.

Pois é, quem mais ganha com isso somos nós!

Depois de todos esses apontamentos, podemos ver todo o potencial que as famosas fintechs representam em nosso dia a dia e até mesmo em nossa educação, na forma como lidamos com dinheiro, e que tudo isso está apenas começando.

Quer conhecer um exemplo de perto? 

Venha bater um papo com a Conpay, a fintech que nasceu para descomplicar suas transações financeiras 🤑

Author

Deixe um comentário...