O período de fim de ano é sempre o mais esperado pelo comércio. É nesta época que as pessoas recebem o tão aguardado décimo terceiro salário e têm uma tendência maior de ampliar o consumo e presentear familiares e amigos.

Precisamos lembrar que 2020 é um ano atípico e, em relação às vendas de fim de ano, seguimos com muitas incertezas, mas o que especialistas compartilham é que Natal, Ano Novo e as férias de verão prometem aquecer as vendas dos mais variados setores.

Recentemente, o Banco Central divulgou que o Índice de Atividade Econômica, uma espécie de termômetro criado para antecipar o resultado do PIB, teve seu terceiro mês consecutivo de recuperação.

De acordo com os empresários em entrevista ao jornal De Olho no Mercado, a expectativa é que as vendas alcancem patamares entre 10% a 15% maiores que o mesmo período do ano passado.

Vendo essas análises, como podemos imaginar as vendas neste final de ano? Por aqui, estamos otimistas pelos seguintes fatores:

  • O momento emocional do consumidor: O isolamento social trouxe uma necessidade de nos conectarmos com as pessoas queridas e as pessoas estão mais motivadas a presentear parentes e amigos. Outro ponto importante é a indulgência: longos períodos suportando o isolamento social podem gerar o desejo de presentear a si mesmo como forma de recompensa por “vencer” um ano tão difícil.
  • Auxílio emergencial e 13º salário: O auxílio emergencial teve importante papel no bom momento das vendas do varejo em 2020. Considerando que muitos assistidos estavam formalmente empregados em 2019 e injetaram o 13º salário no consumo, teremos um forte impacto no volume de renda disponível para compras de fim de ano em 2020.
  • O bom momento das vendas no varejo: A Pesquisa Mensal do Comércio, divulgada pelo IBGE, referente ao terceiro trimestre, demonstrou que o setor obteve o maior patamar de vendas desde 2000. O resultado nas vendas foi 2,6% acima do melhor resultado já apresentado nas vendas varejistas, em Outubro de 2014, e 6,1% maior que Agosto de 2019.

Isso é um excelente termômetro para os meses seguintes, neste caso, para o para as vendas de final de ano.

Com essas análises, sua loja, seu negócio, está preparado para vender mais?

Presta atenção nessas 3 dias valiosas:

Conecte-se com seu cliente com antecedência

Quanto mais cedo e personalizado for o contato, maior a chance de se conectar com a base de clientes da loja e lembrar que você existe neste fim de ano.

Mande mensagem, ofereça um cupom de desconto, fale dos novos produtos que chegaram. Conte as novidades e desenvolva uma conversa amistosa com os clientes.

Fortaleça procedimentos de segurança sanitária

Clientes querem se sentir seguros e só irão sair de casa para entrar em lojas que demonstrarem maior rigor no cumprimento de regras sanitárias.

Além disso, ir em uma loja física será motivo de alto astral e o cliente quer encontrar alegria, positivismo e otimismo em suas experiências físicas.

Suas vendas são apenas online? Esteja atento para responder e dar suporte ao seu cliente em tempo real. Deixe sempre visível ao cliente como ele pode contatar você e solucionar dúvidas.

Ofereça boas opções de pagamento

Ofereça diversas formas e meios de pagamento para seu público poder escolher pagar da forma mais agradável para ele.

Com a Conpay integrada ao seu e-commerce, por exemplo, você pode receber por cartões de todas as bandeiras, boletos bancários, links de pagamento e muito mais! Com total segurança e controle para o seu negócio.

Maquininha de cartão: para o comerciante que vende presencialmente, essa opção deve ser adquirida com urgência. Hoje em dia, as pessoas andam cada vez menos com o dinheiro em papel e os cartões têm sido uma preferência.

Boleto bancário: o boleto bancário, em compras online, funciona, de certa forma, como a função débito de um cartão, já que hoje em dia qualquer um deles é pago por aplicativo. Como algumas pessoas preferem evitar parcelar as compras, dar a opção do boleto bancário é fundamental.

Link de pagamento: essa opção também é uma facilitadora para os consumidores e comerciantes. Assim que os clientes escolhem o produto ou serviço que eles querem, eles serão redirecionados à página de checkout para que a venda seja concluída com sucesso. Por fim, fazem o pagamento e o comerciante terá oferecido a melhor experiência possível.

Split: Split de pagamento é um sistema indispensável para quem tem uma loja online e que precisa dividir os pagamentos entre os parceiros, fornecedores de produtos ou serviços. Na hora de finalizar a compra, é esse sistema que vai fazer a divisão dos valores entre a loja e os seus vendedores (ou fornecedores), em sistemas de e-commerce. Dessa forma, você divide os recebimentos entre sócios e parceiros.

A missão da Conpay é facilitar a vida de empreendedores como você, que querem sempre estar um passo à frente, caminhando junto com a inovação, ainda mais em tempos de pandemia.

Descontos, comissões ou divisão de pagamentos para outros parceiros, tudo isso você consegue fazer pelo link de pagamento da Conpay.

Tudo de forma, simples, rápida e com controle total dos recursos.

Clique aqui para descomplicar os pagamentos da sua empresa.

Author

Deixe um comentário...